Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



As vezes gosto de admirar as estrelas, elas são realmente belas, tem o seu brilho próprio e são únicas.

Quando olho para as estrelas sinto-me bem, sinto-me viva, talvez seja por isso que eu veja nelas a minha única razão de estar viva por dentro.

A única razão pela qual estou viva é pela esperança que tenho em que ele esteja orgulhoso de mim e que não me tenha esquecido, eu acredito nisso, e talvez seja a única coisa em que eu acredito.

Eu tenho a certeza que ele me acompanha todos os dias e que nunca me deixa sozinha nem mesmo quando eu quero, sei que ele esta me a ver neste exacto momento e esta a ler este texto que eu estou a escrever enquanto observo as estrelas.

Eu sinto saudades, saudades dele a cada minuto que vivo, eu preciso dele, e isto tem sido tão difícil sem ele, gostava de ouvir as palavras dele quando eu estivesse triste, precisava do seu carinho, precisava dos seus abraços quentes...

E quando eu olho para as estrelas me sinto pequena como quando olhava para ele e depois me abraçava

Cada vez dói mais, cada vez é mais dificil suportar esta dor, mas é por ele que estou aqui hoje, a lutar, porque eu tenho esperança que ele esteja a ouvir aquilo que sinto, no mais perfundo dos meus sentimentos.

Como se fosse um abismo, um abismo de dor e amor, tudo junto, com lágrimas e esperança e medo, ás vezes vejo uma luz ao fundo do túnel, mas eu não quero luz nenhuma, eu não preciso de luz, nem muito menos de ajuda, apenas quero que me deixem em paz, a mim, ao meu abismo e ás minhas estrelas...

 

tumblr_nu2iscpE4Z1uag5ffo1_500.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Paradise errors #1

por Inês, em 15.08.16

Uma folha em branco, uma foto perdida, um sentimento frágil, um olhar distante, uma brisa suave, um lugar inspirador, uma memória reencontrada, fones nos ouvidos, passo lento, observando cada detalhe, pensamentos viajam com a música, me libertando pouco a pouco, uma escolha para ser feita, com um prazo a ser cumprido, letras escritas, não existe borracha, espelhos partidos, não podem ser concertados, erros cometidos, sorrisos lançados, desenhos esvoaçantes, quadros coloridos, paredes em branco, janela aberta, diário fechado, água transparente, sonhos lúcidos, algo encantado, guitarra molhada, chuva alcançada, vozes inaudíveis, natureza viva, alma enterrada, céu azul, lua branca, lobos uivando, nuvens flutuando, peça encontrada, chave quebrada, paraíso brilhante

 

alternative-beach-blue-cool-Favim.com-3137312.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



photography


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D