Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O Nosso Fim

por Inês, em 07.04.17

Eu não sei o que sinto 

Eu não sei o que há de errado 

Eu não sei o que é o certo 

Eu não sei qual é o caminho 

Eu não sei o que devo fazer 

Eu não sinto mais nada 

Eu não sei o que é o errado 

Eu não sei mais o significado de sentir 

Talvez eu não deva sentir mais 

O que é a dor? 

Ela realmente existe? 

Como é sentir se sozinha? 

Qual nosso sentido de vida? 

Afinal nascemos para quê? 

Para crescer 

Para saber o que é o amor 

Para saber o que é o odio 

Para saber o que é a dor 

Para comenter erros

Para aprender com os erros 

Para sentir o sabor da felicidade 

Para estudar 

Para trabalhar 

Para sonhar 

E para que serve tudo isso? 

Para que no final morrermos e tudo for em vão

Tudo aquilo que construimos em uma vida inteira com nosso suor e lágrimas se destrua em segundos...

Afinal tudo tem um fim 

Talvez seja esse o nosso fim! 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

As vezes gosto de admirar as estrelas, elas são realmente belas, tem o seu brilho próprio e são únicas.

Quando olho para as estrelas sinto-me bem, sinto-me viva, talvez seja por isso que eu veja nelas a minha única razão de estar viva por dentro.

A única razão pela qual estou viva é pela esperança que tenho em que ele esteja orgulhoso de mim e que não me tenha esquecido, eu acredito nisso, e talvez seja a única coisa em que eu acredito.

Eu tenho a certeza que ele me acompanha todos os dias e que nunca me deixa sozinha nem mesmo quando eu quero, sei que ele esta me a ver neste exacto momento e esta a ler este texto que eu estou a escrever enquanto observo as estrelas.

Eu sinto saudades, saudades dele a cada minuto que vivo, eu preciso dele, e isto tem sido tão difícil sem ele, gostava de ouvir as palavras dele quando eu estivesse triste, precisava do seu carinho, precisava dos seus abraços quentes...

E quando eu olho para as estrelas me sinto pequena como quando olhava para ele e depois me abraçava

Cada vez dói mais, cada vez é mais dificil suportar esta dor, mas é por ele que estou aqui hoje, a lutar, porque eu tenho esperança que ele esteja a ouvir aquilo que sinto, no mais perfundo dos meus sentimentos.

Como se fosse um abismo, um abismo de dor e amor, tudo junto, com lágrimas e esperança e medo, ás vezes vejo uma luz ao fundo do túnel, mas eu não quero luz nenhuma, eu não preciso de luz, nem muito menos de ajuda, apenas quero que me deixem em paz, a mim, ao meu abismo e ás minhas estrelas...

 

tumblr_nu2iscpE4Z1uag5ffo1_500.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Paradise errors #1

por Inês, em 15.08.16

Uma folha em branco, uma foto perdida, um sentimento frágil, um olhar distante, uma brisa suave, um lugar inspirador, uma memória reencontrada, fones nos ouvidos, passo lento, observando cada detalhe, pensamentos viajam com a música, me libertando pouco a pouco, uma escolha para ser feita, com um prazo a ser cumprido, letras escritas, não existe borracha, espelhos partidos, não podem ser concertados, erros cometidos, sorrisos lançados, desenhos esvoaçantes, quadros coloridos, paredes em branco, janela aberta, diário fechado, água transparente, sonhos lúcidos, algo encantado, guitarra molhada, chuva alcançada, vozes inaudíveis, natureza viva, alma enterrada, céu azul, lua branca, lobos uivando, nuvens flutuando, peça encontrada, chave quebrada, paraíso brilhante

 

alternative-beach-blue-cool-Favim.com-3137312.jpg

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Somos o quê exactamente?!

por Inês, em 29.07.16

Ás vezes é dificil encontrar quem realmente somos, pensamos que somos uma coisa, mas quando percebemos já somos completamente diferentes! Se calhar em cada situação reagimos de forma diferente e se calhar é isso que nos torna tão distintos, basta um descuido que já não sabemos mais quem somos...

Eu ás vezes não sei quem sou, nem sei porque vim ao mundo, será que eu sou mesmo necessária?

Tento não pensar muito nisso, porque se pensar vou acabar por viver agarrada a isso, é completamente desnecessário!

Daqui a algum tempo, se calhar, alguma pessoa ira me ajudar a entender isso, a entender porque razão vim ao mundo, pode ser que sim ou pode ser que não...Se calhar, alguns vão passar por uma situação em que marcaram a diferença, se calhar é por isso que vieram ao mundo, nem que seja para fazer uma minima diferença, nem que seja para por um sorriso na cara de uma pessoa, que dei-a esperança, que talvez o amanhã seja melhor, que talvez seja a luz na escuridão para essa pessoa!

 

Mas voltemos ao ponto inicial...

Afinal quem nós somos?!

O que iremos ser?!

O que iremos fazer?!

Iremos seguir o bem ou o mal?!

Será que perderemos-nos a nós próprios?!

Iremos ser assim tão importantes?!

 

Até podemos ser muito importantes, nem que seja para uma pessoa só, e essa pessoa também pode ser tão importante ou até mais importante do que nós somos para ela!

 

Aconteça o que acontecer, lembrem-se sempre desta frase: Uns nasceram para enfrentar a morte, outros nasceram para enfrentar a vida

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

#2 Bubble Thoughts: Daddy Heart#2

por Inês, em 14.07.16

Estou na minha cama a tentar adormecer, viro de um lado, viro do outro...e de repente uma lágrima me escapa, a seguir escapa outra, sem me aperceber já estou a derramar lágrimas sem poder parar aquilo.

Choro em silêncio, um silêncio que mata, um silêncio obscuro, um silêncio que faz doer, um silêncio que nos rói por dentro.

Choro por ele, pelas palavras que disse, palavras essas que me trespassavam no coração, que me mataram e magoaram por dentro e que ainda continuam.

Eu apenas não tenho culpa...uns nasceram para serem melhores em certas coisas e outros nasceram para serem melhores noutras, é a lei da vida, não somos perfeitos em tudo.

Uns nasceram para enfrentar a morte e uns nasceram para enfrentar a vida.

É incrível como palavras magoam mais do que atos.

Não sou boa em tudo o que faço, longe disso, as vezes erro, as vezes acerto, mas quando erro as pessoas atiram aquilo a cara, quando acerto dizem que eu devia ter feito melhor!

Não sei como a vida pode ser tão cruel e injusta...

Não sei como ele não vê como me esforcei para conseguir aquilo, ... talvez eu saiba como, ele apenas não quer ver, ele esta cego, cego porque ele quer que eu seja uma menina perfeita, que faz tudo bem, que se aplique àquilo a toda a hora.

...mas eu não quero isso, porque a muito mais para além de uma simples nota alta...porque ele não vê as minhas qualidades?! Esta sempre apontar os meus defeitos!!

Eu queria que um dia ele ficasse orgulhoso por aquilo que eu sou, aquilo que eu sinto, aquilo que eu digo, aquilo que eu faço, mas em vez disso, faz com que eu me sinta mal por aquilo que eu sou, é isso que a palavra pai significa??

Eu acho que um pai devia agradecer por ter filhos, devia dar carinho aos filhos,devia ficar orgulhoso dos filhos quando eles se esforçavam e davam tudo por tudo para ter tudo certo, devia de ensinar aos seus filhos o certo e o errado, e quando tudo corresse mal estar lá dando-lhes apoio e dizer que tudo ia ficar bem!

Mas não é esse reflexo que eu tenho de um pai, ... Mesmo assim devo agradecer por ter um pai que me dá tudo o que preciso para viver, pois a meninos e meninas que não tem esse prazer!

...

Vou tentar ser melhor, mas não é por ti, é por mim, para depois conseguir aquilo que sempre quisestes, e dizer tudo aquilo que eu senti e pensei quando dizeste aquelas palavras que, para mim, iram ficar gravadas e presentes na minha memória ate ao fim dos meus dias...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

#1 Bubble Thoughts: Daddy Heart#1

por Inês, em 13.07.16

You know dad, sorry, sorry for not being the girl that you both you dream, the perfect daughter, but even I could be, I do not want to be because I was not born to please anyone, if you do not like me so I just sorry for being born!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

A vida resumida...

por Inês, em 08.07.16

Eu quero exprimir tudo o que sinto só por uma só voz, que me conheçam verdadeiramente pelo meu silêncio, pelo meu olhar, pelo meu sorriso.

Que ao olharem para mim, percebam como realmente sou, que percebam o que eu já passei de bom e de mau, o que me fizeram e o que não fizeram, mas que deviam ter feito!!

Agora, eu estava aqui "vagueando" pelo telemóvel e derrepente veio uma incrível vontade de escrever, de escrever sem rumo, escrever sem se quer se perceber se tem lógica ou não, se o que estou a escrever esta certo ou errado, talvez, na vida, nem tudo tem que ter lógica, que nem em tudo exista o certo ou errado ou o talvez.

Talvez, daqui deste miserável texto nasça, para algumas pessoas, um bonito e reluzente textinho que mesmo o pouco que diga seja o tudo e que diga tudo.

Ou então, para algumas pessoas, seja apenas um texto sem sentido nenhum,...

...Como a vida, a vida as vezes não têm sentido, se calhar nem tenha que ter sentido, porque nem tudo tem sentido, ou talvez até tenha que ter!!

Mas porque tudo na vida tem que ter sentido, ou que tenha que ter uma certa lógica, porque nós humanos nos basiamos em "Tudo tem que ter lógica e uma explicação" e que a vida se resume a base de seguir regras!

Nós devíamos esquecer tudo isso e vivermos a vida que queremos,  sem o talvez, sem o certo, sem o errado, sem ter lógica, sem ter explicação, porque na vida quase nada tem sentido...ou talvez até tenha!!

Autoria e outros dados (tags, etc)

Fantasmas do passado #1

por Inês, em 06.07.16

Me sento ao luar, sentindo a brisa de verão a passar no meu rosto, que por sua vez passa também na natureza e observo as árvores a dançarem, me sinto a cair no sono, mas havia algo que me incomodava, talvez seria o peso que tenho nos ombros...que iram acompanhar-me mais um ano, sinto que quando entrar de novo naquele portão, eu irei ser assombrada de novo por todos aqueles fantasmas do passado que ainda me rodeiam.

A culpa é minha, pois mesmo que não queira continuo a fugir aos meus problemas e isso irá se virar contra mim mais tarde, isso vai fazer com que me esconda ainda mais e que fique presa a mim mesma...

Eu só queria libertar-me mostrar quem realmente sou, mostrar a todos que não sou a rapariga calada e que é envergonhada, porque de facto eu não sou assim, ali ninguém me conhece realmente, odeio quando as pessoas tentam passar uma imagem do que eu não sou!

Ás vezes revolto-me comigo mesma, sinto raiva de mim mesma, as vezes até parece que não consigo respirar, as vezes sinto que estou dentro de quatro paredes e elas estão a sufocar-me aos poucos.

Mas quando caio na ficha dou-me conta que isto é tudo verdade e que realmente estou asfixiar-me a mim mesma sem se quer ao menos ter percebido.

Cada dia dói mais, cada dia me sinto a sufocar, cada dia me sinto mais presa.

Por fim, a dor aumenta, o cansaço aumenta, o volume do meu coração aumenta e cada vez a minha voz fica mais fraca para gritar e soltar alguma dor, mas tudo isto é inútil, parece que me estão a por a prova, ver ate onde eu vou, ate onde vão os meus limites, ate onde eu aguento...

Depois existe ele, o único ser da terra que consegue me libertar de tudo isto sem se quer ele se aperceber, apenas com um olhar ele me consegue ajudar a respirar e soltar algum do peso que sinto!!

Apesar de tudo ele já me faz bem só de existir, tenho que agradecer por o destino nos ter posto juntos desta forma, caso contrario eu podia estar bem pior, as vezes dou por mim a pensar que eu vim ao mundo para enfrentar isto com a ajuda dele, será mesmo isto??
...Se calhar apenas foi uma escolha minha

Autoria e outros dados (tags, etc)

Falta pouco...

por Inês, em 31.05.16

Falta pouco, só preciso de aguentar mais um bocado, eu sei que consigo, eu estou lutando para isso, sei que vai valer a pena, não vou ficar aqui sofrendo por uma coisa que nem se importa, eu vou fazer por mim, há muito tempo que eu não faço isso.

Ultimamente só tenho pensando nos outros, e a partir de agora isso vai mudar, vai tudo ser diferente, só mais um pouco, só preciso de aguentar...um pouco mais, esta chegando minha hora, só um pouquinho mais, preciso de ser forte mais do que nunca, estou a procura do meu lugar, preciso de respirar, por dentro me sinto a sufocar, entre a espada e a parede, é onde eu estou, ... estou me a magoar, consigo sentir minha dor a crescer de dia para dia, só preciso de aguentar mais um pouco...sei que isto vai acabar!!

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pain of my heart

por Inês, em 06.05.16

Chorar por tudo que se perdeu, por tudo que apenas ameaçou e não chegou a ser, pelo que perdi de mim, pelo ontem morto, pelo hoje sujo, pelo amanhã que não existe, pelo muito que amei e não me amaram, pelo que tentei ser correto e não foram comigo.

Meu coração sangra com uma dor que não consigo comunicar a ninguém, recuso todos os toques e ignoro todas tentativas de aproximação. Tenho vergonha de gritar que esta dor é só minha, de pedir que me deixem em paz e só com ela, como um cão com seu osso. A única magia que existe é estarmos vivos e não entendermos nada disso. A única magia que existe é a nossa incompreensão.

Autoria e outros dados (tags, etc)


Mais sobre mim

foto do autor



photography


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D